quarta-feira, 15 de junho de 2011

Ubuntu, você conhece?




UBUNTU


"A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu.

Ela contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.

Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro.

As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.

O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces.

Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"

Ele ficou desconcertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda não havia compreendido, de verdade,a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!"

Atente para o detalhe: porque SOMOS, não pelo que temos...


UBUNTU PARA VOCÊ!"

Fonte: Texto compartilhado, via e-mail, por Sandra Berbert.

domingo, 12 de junho de 2011

Tá a fim de você?

Hoje, dia dos namorados, nada melhor do que pensarmos no amor, na verdade no autoamor, na possibilidade de viver o lado gostoso da cumplicidade e do afeto.
Segue um texto que encontrei e que pode nos ajudar a ficar atentos no momento de escolher ou investir naquela pessoa que realmente está a fim de um relacionamento, seja ele qual for.





Como saber quando alguém não está tão a fim de você!

"Bem, de verdade mesmo, quando o intuito é saber o que uma pessoa está sentindo, o modo mais seguro e simples seria o óbvio ululante: perguntando para ela! Entretanto, considerando que nem todos conseguem ser tão diretos e sinceros – seja para perguntar ou para responder – especialmente quando o assunto é sentimento ou desejo, esta pode não ser a forma mais eficiente. Sim, é difícil ser óbvio, na maioria das vezes. E talvez seja por isso que os relacionamentos nos desafiem tanto!

Portanto, se você não pretende perguntar, ou ainda, se já perguntou, mas a resposta obtida não te convenceu, sugiro que lance mão de duas ferramentas próprias também bastante eficientes: a observação e a intuição.

A observação servirá para você diferenciar as atitudes de quem está a fim e de quem não está, seja de você ou de qualquer outra pessoa. E a intuição servirá para você se dar conta do que acontece ao seu redor e que nem sempre é tão evidente. A intuição é uma espécie de linguagem do coração: nos dá respostas que as palavras, muitas vezes, não conseguem.

Entretanto, penso que mais fácil do que identificar as ações de alguém que não está a fim de você, seja constatar as ações de quem está a fim. Lembre-se de que gostar de alguém não tem a ver somente com palavras, mas principalmente com atitudes. Afinal, não basta sentir, é preciso agir de modo coerente com tais sentimentos. Então, fique de olho nessas dicas de como se comporta alguém que está a fim de você:

- Quem está a fim, demonstra interesse, quer saber da sua vida, do seu dia, dos seus planos e desejos.
- Quem está a fim, quer te ver, quer marcar um café, um cinema, uma balada ou um simples “esbarrão” onde seus caminhos se cruzam...
- Quem está a fim, liga, manda mensagem, torpedo, carta, sinal de fumaça, qualquer coisa... mas não desaparece!
- Quem está a fim, cumpre o que promete. E quando não pode cumprir, se justifica, se explica, pede desculpas.
- Quem está a fim, não vive inventando desculpas duvidosas ou esfarrapadas para os recorrentes sumiços ou “furos”.
- Quem está a fim, sente saudades, reclama sua ausência, esforça-se para viabilizar um encontro, nem que tenha de fazer parecer mera “coincidência”.
- Quem está a fim, dá um jeito de descobrir do que você gosta, porque o que mais quer é te agradar, surpreender, conquistar, seduzir...
- Quem está a fim, não vai embora só porque vocês discutiram, não desiste de você depois do primeiro obstáculo. Quem está a fim, persiste, insiste, tenta até o fim...

E por essas e outras, você já pode ter uma noção da diferença entre quem quer e quem não quer estar com você. Eu sei que quando a gente está a fim, quer dar mais uma chance, tentar conquistar, tentar mudar o panorama desfavorável. Ok! Não há nada de errado nisso! No entanto, fique atento para não extrapolar seu próprio limite.

Se o outro insiste em dizer ou demonstrar que não quer, que não é a melhor hora, o ideal mesmo, para não se machucar e detonar a sua auto-estima, é amargar alguns dias de rejeição e, em seguida, partir pra outra. Bola pra frente. Não vale a pena ficar investindo toda sua energia numa pessoa que já deixou claro que não tem espaço para você na vida dela.

E tome bastante cuidado principalmente com aqueles que adoram levar o outro “em banho-maria”. Num dia, são românticos, carinhosos, queridos, apaixonados. No outro, desaparecem ou são grosseiros, frios e te tratam como se você fosse um intruso, insistente e chato. Fuja desse tipo de gente, porque são sinônimos de sofrimento intenso. São enlouquecedores!

Muito pior do que um claro “não”, é um constante “sim-não-sim-não-sim...”. Isso, ninguém merece! É jogo sujo, golpe baixo, covardia..."


Este artigo foi escrito por:
Dra. Rosana Braga
Consultora


Fonte: MSN encontros / Artigos sobre namoro e relacionamento / Par perfeito / 12 de junho de 2011.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

em SINTONIA


Anjo© da para Junho


Se você trabalhou com o Anjo do DISCENIMENTO durante o mês de maio, dê-se alguns minutos para deixá-lo ir com gratidão, antes de dar as boas vindas ao Anjo da na sua vida, no mês de Maio.
 



Fé: O saber inabalável que vem do coração quando nada parece fazer sentido para a mente. Otimismo é uma expressão de fé em ação.


A é o sopro de Deus que inspira nossas almas. Não podemos vê-lo, podemos apenas senti-lo - quando prestamos atenção. A dúvida é uma incerteza de que nossa força espiritual estará disponível em tempos de dificuldades, dor e doença. É normal sentir dúvida espiritual. Na verdade, momentos de dúvidas podem nos levar a maiores momentos de transformação e "podem" nos abrir para a .

O futuro é desconhecido e, portanto, traz consigo um sentimento de incerteza. É a que ensina-nos a contemplar o invisível que está além das nossas mãos, não através do poder do conhecimento.

Nossa conecta (liga) o passado ao futuro e nos dá um tipo de gravidade espiritual. Ela reafirma que Deus está no futuro bem como no presente e no passado. Tudo aquilo que não pode ser conhecido está em Deus e inclui a nós, nossas famílias, amigos e todo nosso bem estar coletivo; ontem, hoje e amanhã e de todos os modos.

A preocupação é uma bandeira tremulando onde a espera para entrar. Deixe de lado suas ideias pré-concebidas e tenha confiança de que seu coração irá ampará-lo. Não existem experiências acidentais ou estados interiores casuais. As dimensões espirituais da vida são reais, na verdade mais reais do que o que chamamos de vida nesta terra. A Fé é o princípio unificante que tece todas as nossas experiências num só tecido.

Que este mês lhe traga um aumento de Fé trazendo uma visão revigorada e uma perspectiva renovada.

Kathy Tyler & Joy Drake
http://www.taygetaeditora.com.br/

©2011 InnerLinks Angel® Cards is a registered trademark of InnerLinks
 http://www.innerlinks.com/
http://www.taygetaeditora.com.br/

Invisível pra quem?



A Mulher Invisível
Vale conhecê-la.


 



Fonte: Enviado por Marilia Alegre via e-mail.


domingo, 5 de junho de 2011